E O FILME SE REPETE…

Anthony Davis vestiu o uniforme Away dos zangões

* Por Lucas Ottoni

Olá, amigos. Adivinhem só? Ontem à noite, o New Orleans Hornets bateu novamente o Charlotte  Bobcats e segue invicto na pré-temporada 2012 da NBA. Com a suada vitória por 90 a 87, lá no North Charleston Coliseum, em Charleston, os zangões somam agora 3 triunfos em 3 jogos. E adivinhem só? Pois é, como havíamos alertado no post anterior, a partida diante do Cats novamente foi ignorada pelas câmeras da “dona” NBA. É isso mesmo. Novo duelo contra o time de Charlotte; nova ausência de imagens em vídeo. Quem tentou assistir ao jogo na NBA TV, por exemplo, recebeu o singelo recado: “Preseason Game Not Televised” (jogo de pré-temporada não televisionado). Século XXI, pessoal! Sem comentários…

Brian Roberts: cestinha outra vez

Infelizmente, não dá para falar sobre a partida ou destacar alguma evolução no nosso time, já que é impossível analisar aquilo que não se viu (embora muitos jornalistas sejam mestres nessa prática). Então, vamos ter de recorrer novamente ao nosso amigo Box Score, que jeito? Através dele, uma coisa interessante já pôde ser percebida. Sim, o treinador Monty Williams resolveu começar a contenda com o Brian Roberts armando a equipe no lugar do Greivis Vasquez (que, aliás, jogou apenas 15 minutos). O restante dos titulares é o mesmo que já vinha atuando nos duelos anteriores. Roberts, Rivers, Aminu, Davis e Lopez. Esse foi o quinteto inicial que nos rendeu um primeiro quarto animador: 23 a 7. Só que o Bobcats reagiu, e o jogo parecia bastante equilibrado até o último período, quando então os zangões novamente dispararam no placar, com um 36 a 23 que nos rendeu a vitória.

* Confira aqui o Box Score (sem vídeos) da partida

Voltando a falar no Brian Roberts, os números de ontem indicam que ele foi novamente muito bem (a exemplo do que havia ocorrido no último domingo, contra o Orlando Magic). O armador “achado” no basquete alemão anotou 16 pontos (cestinha) e distribuiu 8 assistências, em 29 minutos diante do Cats. Outro atleta com algo a mostrar foi o ala-pivô Anthony Davis (alguma novidade?): 12 pontos e 9 rebotes. Ryan Anderson e Lance Thomas, ambos com 14 pontos, também contribuíram para a nossa vitória. Do lado oposto, o ala-armador Ben Gordon e o ala-pivô Byron Mullens apareceram com 15 pontinhos cada um. E é isso. Eu gostaria de seguir falando sobre o jogo, mas não tenho subsídios – leia-se imagens em vídeo – para empreender tal façanha (clique aqui e boa sorte). A “dona” NBA não colaborou e deixou os fãs de Hornets e Bobcats chupando o dedo. Uma vez mais.

* Entre aqui e siga o Brazilian Hornet no Twitter!

* HORNETS @ ROCKETS: Joguinho ontem; joguinho hoje. É exatamente isso. O Hornets estará de volta à quadra logo mais, lá em Houston, para realizar a sua quarta partida na pré-temporada. Um back-to-back, meus amigos. A bola está prevista para subir às 21h (de Brasília). O Jeremy Lin que se cuide, pois o Davis vem aí!

* O QUE FALTA…: Confiram – no quadrinho abaixo – os jogos que restam para o fim da pré-temporada dos zangões (horários de Brasília):

Outubro Rival Hora
Sex 12 Houston 21:00
Qui 18 Atlanta 20:30
Seg 22 Dallas 21:30
Qua 24 vs Houston 21:00
Sex 26 Miami 21:00

* VOLTAREMOS NA SEGUNDA (15/10): Bom feriado a todos!

Anúncios

A VITÓRIA QUE NÃO SE VIU

Davis vs Kidd-Gilchrist: só em fotografia mesmo

* Por Lucas Ottoni

E aí? Achou estranho o título deste post? Pois é, só que mais estranho do que isso é a falta de bom senso da “dona” NBA. Eu explico: na última terça-feira (09/10), New Orleans Hornets e Charlotte Bobcats se enfrentaram na New Orleans Arena, em mais um jogo da pré-temporada de 2012. E a exemplo do que havia ocorrido no domingo (contra o Orlando Magic), os zangões venceram o rival da Carolina do Norte: 97 a 82. Até aí, tudo ótimo. Mas é agora que o absurdo começa a dar o ar da graça. À exceção dos 9.264 torcedores que estiveram no ginásio do Hornets (além da imprensa e das outras pessoas que trabalharam no local), eu creio que ninguém mais no planeta conseguiu sequer ver imagens – a não ser por foto – da partida! É isso mesmo, não houve a transmissão, ou, se houve, a NBA não a liberou. Parodiando o célebre Joel Santana, vocês acham que eu estou de “palhaçadinha“? Ok, então entrem no site oficial da liga e procurem o vídeo com os tradicionais highlights (melhores momentos) de Hornets vs Bobcats. O primeiro que achar e postar nos nossos comentários ganha um boné maneiríssimo dos zangões! Cortesia do BH!

* Confira aqui o Box Score (sem vídeos) da partida

Brincadeiras à parte, alguém precisa explicar aos “gênios” da NBA que nós já estamos na segunda década do século XXI. É inexplicável (e lastimável) que um jogo da organização de basquete mais importante do planeta não tenha qualquer imagem (em vídeo) divulgada pela própria liga. Além do mais, a partida entre Hornets e Bobcats teve um atrativo bastante interessante, que não deveria jamais passar despercebido por quem “manda na brincadeira”: o duelo do nº 1 (Anthony Davis) contra o nº 2 (Michael Kidd-Gilchrist) do draft de 2012, que jogaram juntos na Universidade de Kentucky mas se viram em lados opostos pela primeira vez como profissionais. E ainda podemos juntar a eles o jovem Austin Rivers (10ª escolha), só para deixar o jogo com 3 atletas Top 10 do último draft. O ridículo da situação é que nada disso pôde ser visto, pois a “dona” NBA resolveu que não iria transmitir as imagens do jogo. Uma mancada colossal, é o mínimo que se pode dizer. Se houve algum motivo de força maior para que a contenda não fosse transmitida, eu não sei. Se alguém aí souber, aguardo os esclarecimentos nos nossos comentários lá embaixo, ok?

A barbicha “che” guevariana do Greivis Vasquez ficou sem vídeo

Bem, como eu não vi a partida, fica impossível comentar, elogiar ou criticar as atuações dos nossos craques (peguei pesado, né?). Pelo Box Score (sem vídeos, é claro), dá apenas para se observar os belos números do pivô Robin Lopez (18 pontos, 13 rebotes, 3 bloqueios e 2 roubos, em 33 minutos), os 22 pontos e 9 rebotes do ala-pivô Anthony Davis, as 11 assistências do armador Greivis Vasquez, os 13 pontos do ala-armador Austin Rivers e o aproveitamento magnífico do (agora ala?) Ryan Anderson nos arremessos de 3 pontos (5-6). Enfim, eu creio que esses tenham sido os destaques do Hornets. Infelizmente, não é possível fazer uma análise aprofundada sobre mais esse triunfo dos zangões, afinal a NBA nos impossibilitou dessa vez. De qualquer forma, eu deixo para vocês aqui o relato (em inglês) de um raro ser humano que assistiu ao jogo. Abraços e até a próxima!

* Clique aqui e veja outras fotos de Hornets vs Bobcats (que jeito?)

* HORNETS @ BOBCATS: Parece brincadeira, mas não é. A NBA tem tudo para repetir a (amarga) dose hoje. As duas equipes voltam a se enfrentar logo mais, às 20h30m (de Brasília), só que dessa vez no North Charleston Coliseum, em Charleston (Carolina do Sul). Será o terceiro duelo dos zangões na pré-temporada (e, provavelmente, o segundo sem qualquer imagem em vídeo).

* ERIC GORDON: Até o momento, ele não deu as caras dentro de quadra. A alegação? Sim, é que o famoso joelho direito ainda não está 100% recuperado. Talvez em meados de 2013, quem sabe?