DESTAQUES

– A maioria dos jogadores citados aqui se destacaram (ou ainda se destacam) com uma camiseta do Hornets. Por isso, eles merecem um espaço só para eles. E além dos ídolos da franquia, dois atletas também recebem menção. Eles não chegaram a marcar época no time, mas são brasileiros que já tiveram o privilégio de envergar um uniforme dos zangões.

* CHRIS PAUL #3 (2005-2011)

Considerado por muitos o melhor jogador de toda a história da franquia Hornets. Um armador genial, carismático e espetacular. A habilidade, o espírito de liderança e a facilidade com que envolve seus companheiros no jogo fizeram dele o grande ídolo do basquete em New Orleans. Além das atuações espetaculares na campanha de 2007-08, é claro. Em 2011, acabou negociado para o Los Angeles Clippers. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* DAVID WEST #30 (2003-2011)

É um dos jogadores mais identificados com a torcida do Hornets. West é um ala-pivô técnico, que tem bom arremesso e sabe jogar embaixo da cesta. Sua vibração em quadra, que contagia os companheiros e os fãs, fez dele um dos símbolos da equipe dos zangões durante a década de 2000. Foram 8 temporadas de ótimos serviços prestados. Em 2011, ele acabou se transferindo para o Indiana Pacers. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* JAMAL MASHBURN #24 (2000-2004 [aposentado])

Foi um dos atletas mais importantes da franquia no início do século e jogou pelo Hornets em Charlotte e também em New Orleans. Mashburn era um ala com enorme qualidade técnica e bom arremesso, que levou o time dos zangões a belíssimas campanhas, sobretudo em 2000-01. Se aposentou das quadras em 2006, aos 33 anos de idade, com uma lesão persistente no joelho direito. Hoje, é um empresário bem sucedido no ramo de restaurantes e concessionárias de automóveis, e especulou-se que ele poderia se tornar o dono da franquia Hornets. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* BARON DAVIS #1 (1999-2005)

Quando chegou no Hornets, a equipe ainda se encontrava na cidade de Charlotte. No entanto, ele foi um dos jogadores mais importantes da franquia nos primeiros anos dos zangões em New Orleans participando de várias boas campanhas. Armador habilidoso, de ótima impulsão e arremesso eficiente, Davis comandou o time em quadra até meados de 2005, quando ele acabou trocado para o Golden State Warriors. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* GLEN RICE #41 (1995-1998 [aposentado])

Apesar de ter jogado só três temporadas em Charlotte, a passagem do grande Glen Rice pelo Hornets foi marcante. Dono de um arremesso certeiro da linha dos três pontos, o ótimo ala foi o principal comandante da equipe dos zangões em meados da década de 1990. Pontuador nato, Rice e seus “chutes” de longa distância causavam verdadeiro pavor nos rivais. Protagonizou belos duelos com o astro Michael Jordan. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* ALONZO MOURNING #33 (1992-1995 [aposentado])

Assim como Glen Rice, Mourning atuou em Charlotte por somente três temporadas e conquistou os corações dos fãs do Hornets. Um jogador técnico, atlético e de ótima elasticidade, que é considerado por muitos o melhor pivô de toda a história da franquia. Após deixar o time dos zangões, ele atuou por vários anos, com sucesso, no Miami Heat, onde, inclusive conseguiu o tão sonhado título da NBA. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* LARRY JOHNSON #2 (1991-1996 [aposentado])

Pode ser considerado o primeiro grande astro da história do Hornets. Draftado pela franquia no ano de 1991, o ala/ala-pivô mostrou toda a sua categoria com a camiseta dos zangões. Jogador explosivo e de lances geniais, Johnson formou com Alonzo Mourning uma dupla de enorme respeito em Charlotte. Foi trocado para o New York Knicks, em 1996, e depois conviveu com lesões que encurtaram a sua carreira. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* DELL CURRY #30 (1988-1998 [aposentado])

Talvez ele seja o menos renomado dentre os ídolos do Hornets. Porém, o ala-armador Dell Curry é um símbolo de lealdade e longevidade dentro da franquia. Atleta de boa técnica e ótimo arremesso, Curry atuou por dez anos com uma camiseta dos zangões e atingiu recordes (número de jogos, pontuação e cestas de três pontos) em Charlotte. Foi considerado o melhor reserva da NBA, em 1994. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* MUGGSY BOGUES #1 (1988-1997 [aposentado])

Assim como o lendário Dell Curry, o armador Tyrone Curtis “Muggsy” Bogues dedicou vários anos de sua carreira profissional ao Charlotte Hornets. Medindo apenas 1,60m, Bogues foi o jogador mais baixo que já passou pela NBA. No entanto, a pouca estatura não o impediu de ser um personagem emblemático da equipe dos zangões. Seu ponto forte eram as assistências, além das jogadas em grande velocidade. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

* Outros destaques: Kelly Tripucka, Rex Chapman, Kendall Gill, Anthony Mason, Vlade Divac, David Wesley, Eddie Jones, Elden Campbell, PJ Brown, Jamaal Magloire, Peja Stojakovic e Tyson Chandler.

– Mais informações sobre os atletas que se destacaram no Hornets podem ser encontradas na História da franquia.

—————————————————————————————————————————–

BRASILEIROS NA FRANQUIA:

* ALEX GARCIA #20 (2004-2005)

Nascido em Orlândia (SP), o ala-armador vestiu o uniforme do New Orleans Hornets na temporada 2004-05, a pior da história da franquia. A situação foi complicada para os zangões e, em especial, para o atleta brasileiro. Em dezembro de 2004, ele sofreu uma séria lesão em seu joelho esquerdo e seguiu afastado das quadras até o fim daquele campeonato. Acabou dispensado e nunca mais atuou na NBA. Enquanto esteve no Hornets, jogou apenas oito partidas, com médias de 18.3 mpg, 5.5 ppg, 1.9 rpg e 2.3 apg. Antes de passar pela equipe da Louisiana, Alex integrou o elenco do San Antonio Spurs, onde fez apenas duas partidas oficiais. Confira a ficha técnica e o vídeo.

* MARCUS VINICIUS #11 (2006-2008)

O carioca Marcus Vinicius Vieira de Souza, que é mais conhecido pelos brasileiros como Marquinhos, foi o segundo atleta do nosso país a vestir uma camiseta do time da Louisiana. Selecionado pelo New Orleans/Oklahoma City Hornets na 43ª escolha global do draft de 2006, o ala acabou não conseguindo se destacar. Ele esteve com os zangões por duas temporadas, participando de apenas 13 partidas em cada. Suas médias foram muito baixas, pois ele atuou somente 6.6 minutos por jogo enquanto integrou a equipe. Durante esse período, foi enviado para a Liga de Desenvolvimento (NBDL) e depois não conseguiu espaço em New Orleans. Deixou o Hornets e a NBA em 2008. Confira a ficha técnica (em inglês) e o vídeo.

Anúncios

5 pensamentos sobre “DESTAQUES

  1. Pingback: COLEÇÃO: A NÚMERO 1! | Brazilian Hornet

  2. Pingback: COLEÇÃO: BOGUES MINIATURA | Brazilian Hornet

  3. Pingback: COMO A NBA PODE SER CRUEL… | Brazilian Hornet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s