O INÍCIO DE UMA NOVA ERA!

Anthony Davis com o boné do Hornets: novos tempos chegando em New Orleans

* Por Lucas Ottoni

NBA draft de 2012 nos trouxe um jogador especial, de apenas 19 anos, que possui todos os requisitos (grande defensor, reboteiro e bloqueador; excelentes QI de basquete, agilidade, impulsão e controle de bola) para colocar a nossa franquia novamente em evidência por muitos e muitos anos. Eu estou falando do talentoso ala-pivô Anthony Davis, é claro. O evento que ocorreu ontem à noite, em New Jersey, apenas sacramentou aquilo que todos já sabiam desde que o Hornets ganhou o direito à 1ª escolha, há aproximadamente 1 mês: Davis é um zangão. Vê-lo colocar o nosso boné e cumprimentar o comissário David Stern representa o início de uma nova era em New Orleans, estejam certos disso. Que comece a Era Anthony Davis!

Torcedor é um bicho dos mais criativos, né não?…

Vejam o momento em que Anthony Davis se tornou um zangão!

* Confira aqui todas as escolhas do NBA draft de 2012

Com a 10ª escolha – aquela que vinha sendo um grande mistério para os  fãs do Hornets -, a franquia optou por selecionar o ala-armador Austin Rivers, de 19 anos, filho do ótimo técnico Doc Rivers (Boston Celtics). O jovem produto da Universidade de Duke apresenta um enorme potencial ofensivo e desenvoltura ao atacar a cesta. Não deixa de ser um ajuste interessante, pois o Hornets tem carecido de talento no ataque. Contudo – na minha opinião -, o Rivers não teria sido a escolha mais adequada para os zangões (falaremos sobre isso em um post futuro). De qualquer forma, vamos torcer para que ele desenvolva todo o talento que possui e tenha um belo início na NBA. Vai que dá certo, né?

Austin Rivers do jeito que mais gosta: com a bola nas mãos

Vejam o momento em que Austin Rivers se tornou um zangão!

* Gostou da escolha do Austin Rivers? Não? Então, nos diga quem é que você pegaria com a pick number 10! Clique aqui e vote!

Darius Miller também foi recrutado

Por fim, com a 46ª escolha, o Hornets resolveu selecionar o ala Darius Miller, de 22 anos, companheiro de Anthony Davis na Universidade de Kentucky. O curioso é que o Miller sequer foi um dos 27 atletas que participaram dos Workouts realizados em New Orleans. Ele é um jogador trabalhador, que defende muito bem o perímetro e que possui um arremesso decente. Carrega uma bagagem universitária vasta – de quatro temporadas – e poderá ser de boa utilidade para o técnico Monty Williams.

O Brazilian Hornet deseja, desde já, muito sucesso aos três novos integrantes da família Hornets! SEJAM BEM-VINDOS, ANTHONY DAVIS, AUSTIN RIVERS E DARIUS MILLER!!!

OBS: Nas próximas semanas, falaremos (individualmente) sobre cada um dos nossos jovens recrutados e seguiremos com as retrospectivas do elenco do Hornets na temporada 2011-12. Vem muita coisa bacana por aí…

Anúncios

11 pensamentos sobre “O INÍCIO DE UMA NOVA ERA!

  1. Se tudo ocorrer como o previsto, acredito que em no máximo 4 anos, o Hornets já esteja se estabelecido como uma das grandes forças do Oeste. É, claro, não basta ter apenas um craque, o Cavs de LeBron foi o maior exemplo disso, Monty e Dell Demps tem que saber montar um time em cima do talento de Davis, acredito que consigam, pois são competentes. Gordon e Rivers vão ser dois coadjuvantes essenciais. Vamos ver aonde que essa mulekada pode levar o Hornets…Tomara que em um futuro próximo, consigam levar ao titulo né hehehehe. Abs

    • Vamos ver, né Andre… Eu acho que Gordon e Davis ainda precisam de um outro jogador Top para formarem um Big Three, e não acredito que o Rivers – apesar do potencial que possui – seja esse cara. Estou curioso para saber o que o Hornets fará na agência livre. Será que teremos novidades? Quem sabe?… rs

      Abço!

      • Tbm estou bastante curioso pra ver o que o Dell Demps vai fazer nessa free agency. Se o Hornets achar um bom armador, o Rivers poderia vim do banco e aí sim daria mto certo, seria um excelente 6º homem, não acha? Mas a semente de um futuro glorioso já está plantada…Hehehe Abs

  2. Pingback: ELES CHEGARAM! | Brazilian Hornet

  3. É verdade. Porém, eu acho que o Hornets precisa é buscar um pivô. E com urgência. Pois com a provável saída do Kaman, não teremos nenhum pivô de fato no elenco.

    Abço!

  4. O jogador que mais me deixou surpreso com a escolha acabou sendo o Miller. Não por termos pegado ele e o achar ruim, e sim, por ter sido escolhido apenas na #46. Me parece ter um baita potencial. Tomara que vire algo na NBA.

    • Pois é, Ricardo. O Miller parece que foi um achado mesmo. Jogador pronto para a NBA. Veremos como ele se comportará. É um bom nome para compor a nossa ala.

      Abço!

  5. acho q escolhemos mto bem.. pegamos o rivers ki era o mais talentoso diponivel na 10.. foi bom.. e esse miller nao é bobo nao

    • Eu também acho, Bruno. Nosso draft foi bom. Eu só quero ver como o Rivers entrará nesse time, principalmente se o Gordon permanecer em New Orleans. Estou curioso em relação a isso… rs

      Abço!

  6. Pingback: A ESCOLHA DE AUSTIN RIVERS | Brazilian Hornet

  7. Pingback: RETROSPECTIVA 2011-12 # 4 | Brazilian Hornet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s