RETROSPECTIVA 2011-12 # 1

Jarrett Jack e Greivis Vasquez: armadores com estilos diferentes

* Por Lucas Ottoni

Conforme prometido (e mesmo que com atraso), vamos iniciar agora a análise do elenco do New Orleans Hornets na temporada 2011-12 da NBA. A primeira parte da nossa retrospectiva será dedicada aos ARMADORES, essa posição tão essencial para o sucesso de qualquer equipe de basquete. Os armadores geralmente são os cérebros de seus times, os caras que armam o jogo e ditam o ritmo em quadra. Será que os armadores do Hornets deram conta do recado? Ou acabaram decepcionando? Vamos falar um pouquinho sobre eles…

* JARRETT JACK #2

Médias: 34.0 mpg / 15.6 ppg / 6.3 apg / 3.9 rpg / 0.7 spg / 0.2 bpg

Número de jogos: 45 (39 como titular)

A temporada 2011-12 da NBA acabou nos mostrando dois lados bem distintos do armador Jarrett Jack. Primeiro, ficou bastante claro que ele não é o PG que o New Orleans Hornets precisa para ser mais consistente e lutar por voos mais altos. No entanto, ele é tão bom, mas tão bom atacando a cesta que fica até difícil criticar o cara. Também é preciso dizer que o Jack foi o armador titular do time enquanto esteve saudável e fez algumas partidas individualmente muito boas. Além disso, ele foi o principal cestinha dos zangões no campeonato – com mais de 15 pontos por partida – e mostrou facilidade para pontuar e perturbar as defesas rivais. É óbvio que o JJ é um jogador com algum talento ofensivo e que pode ser muito útil à maioria das equipes da NBA. Afinal, ele tem velocidade, um bom arremesso e sabe infiltrar. Contudo, a pergunta que cabe aqui é a seguinte: pode o Jack permanecer como PG titular do Hornets para a próxima temporada? Na minha modesta opinião, apesar das boas atuações individuais, ele definitivamente não é o tipo de armador que faz o time ser melhor. O JJ não é o jogador cerebral para atuar ao lado do Eric Gordon, ele tem um cheiro de Sexto Homem, aquele cara que sai do banco para colocar faísca nos jogos. Muitas vezes, ele enfiou a bola debaixo do braço e tentou decidir as partidas, sem grande sucesso. Falta ao Jack um melhor QI de basquete e saber que a função de um armador é muito mais do que atacar a cesta e pontuar. Embora tenha distribuído mais de 6 assistências por jogo (atuando 34 minutos em média), ele sempre colocou o passe em segundo plano. Em 2011-12, ele mostrou que é um jogador capaz de marcar pontos, mas incapaz de armar com eficiência ou de fazer a coisa certa nos momentos decisivos das partidas. A campanha ruim do Hornets (21-45) também é reflexo disso. Portanto, a temporada do JJ foi ótima INDIVIDUALMENTE, mas não tão prodigiosa COLETIVAMENTE.

PONTO POSITIVO: Sem dúvida, foi o triplo-duplo que ele obteve na partida contra o Golden State Warriors, no último dia 21 de março: 17 pontos, 11 assistências e 10 rebotes (veja o vídeo abaixo). Foi o único TD de um jogador do Hornets na temporada e o primeiro do Jack como profissional. Além disso, ele atingiu as médias mais altas da carreira em minutos jogados, pontos, assistências, rebotes e bloqueios. Individualmente, um rendimento espetacular.

PONTO NEGATIVO: Além da pouca eficiência na armação do time, o Jack sofreu uma fratura por stress no pé direito que o tirou da reta final da temporada regular. Quase não jogou ao lado do ala-armador Eric Gordon, jogador mais talentoso do Hornets.

O FUTURO: Eu acho pouco provável que o Jarrett Jack siga como PG titular do Hornets. Então, ou ele continuará no elenco como um Sexto Homem, ou ele será negociado. O Jack é um jogador de 28 anos que se valorizou e que pode ser interessante para muitas equipes que precisam essencialmente de pontuadores. Além do mais, tem um contrato que será expirante. É uma moeda de troca bem atrativa que o Hornets possui. Querem a minha opinião? Eu acho que ele será envolvido em alguma negociação…

* GREIVIS VASQUEZ #21

Médias: 25.8 mpg / 8.9 ppg / 5.4 apg / 2.6 rpg / 0.9 spg / 0.1 bpg

Número de jogos: 66 (26 como titular)

Foi o meu jogador favorito do elenco do Hornets na temporada 2011-12. Em seu segundo ano na NBA, o Vasquez mostrou que pode ser um cara bastante útil aos zangões daqui para frente. O estilo de jogo do armador venezuelano me agrada em cheio e é exatamente o oposto do titular Jarrett Jack. Ao contrário do JJ, o Greivis Vasquez prioriza o conjunto e joga essencialmente para o time. Ele tem um passe extremamente bom, costuma ditar o ritmo do jogo e procura sempre um companheiro melhor colocado em posição de “chute”. Além disso, não é o tipo de jogador que persegue a cesta desesperadamente. Não ficou fora de nenhuma partida do time no campeonato e é – muito provavelmente – o atleta mais vibrante do elenco. O fato é que o Hornets foi uma equipe muito mais competitiva quando o Vasquez esteve responsável pela armação, e é isso o que mais me agrada nesse jogador. Ele não apareceu tanto no Box Score como o Jarrett Jack, mas a sua presença em quadra foi extremamente benéfica para os zangões, coletivamente falando. Para completar, tem uma boa envergadura para a posição 1 e é dono de uma ótima leitura do jogo com a bola nas mãos. A pergunta que eu faço aqui é a seguinte: estaria o Vasquez pronto para assumir a função de PG titular do Hornets? O fato é que o venezuelano tem defeitos relevantes para corrigir em seu jogo. Ele possui deficiências na defesa – principalmente para marcar armadores mais velozes -, não apresenta um arremesso tão preciso quanto o do Jack e, vez por outra, comete alguns turnovers desnecessários e até irritantes. O jogo do Vasquez ainda precisa ser lapidado, e ele tem que ter em mente que é um atleta em evolução. Colocá-lo de vez como titular do time é uma aposta de risco que pode dar muito certo (ou não). No entanto, ele ainda precisa melhorar demais para ser aquele armador confiável e inquestionável dentro do Hornets. Por enquanto, o Vasquez conquistou a simpatia e a admiração dos fãs por ser um cara vibrante, habilidoso e que ajuda o time. Aos 25 anos, ele vai para a sua terceira temporada na NBA com a missão de ser um jogador ainda melhor. E é o Hornets quem tem a ganhar com isso.

PONTO POSITIVO: O Vasquez manteve uma boa regularidade ao longo de toda a temporada (no vídeo, ele em ação contra o New York Knicks), mas foi na reta final que ficou clara a sua eficiência na armação do time. Com o Jarrett Jack afastado por lesão, o venezuelano assumiu de vez a titularidade, e o Hornets venceu 8 de suas últimas 13 partidas – com alguns duplos-duplos e belas assistências do Vasquez. Ele também praticamente triplicou as suas médias de pontos, assistências, rebotes e roubos, em relação a seu ano de estreia na NBA (pelo Memphis Grizzlies, em 2010).

PONTO NEGATIVO: Armadores de excelente nível – como Chris Paul, Tony Parker, Steve Nash e John Wall – expuseram as graves deficiências do Vasquez na defesa. Muitas vezes, ele careceu de agilidade para acompanhar o PG adversário e não conseguiu fazer uma boa leitura do ataque rival, sendo facilmente surpreendido. Isso é algo que o técnico Monty Williams certamente trabalhará com o venezuelano antes de o próximo campeonato começar.

O FUTURO: Precisa ser em New Orleans. O Vasquez é um jogador que tem um potencial enorme e está em processo de evolução. Ele é um dos jogadores favoritos da torcida do Hornets e deve permanecer na equipe para 2012-13. Antes disso, ele jogará o Torneio Pré-Olímpico Mundial com a seleção da Venezuela, entre os dias 02 e 08 de julho. Vale a pena conferi-lo em ação.

– Outros armadores que passaram pelo Hornets (sem grande repercussão) na temporada 2011-12: Carldell “Squeaky” Johnson, Donald Sloan e Jerome Dyson.

* PLAYOFFS: A pós-temporada 2011-12 segue rolando, e algumas equipes importantes caíram fora da disputa. Los Angeles Lakers, Chicago Bulls, Orlando Magic, Los Angeles Clippers e o atual campeão Dallas Mavericks já estão de férias. Bem, o meu palpite segue o mesmo, Spurs vs Heat na grande decisão. E vocês? O que acham?

* BOATARIA: Já tem gente falando sobre Goran Dragic, Raymond Felton, Omer Asik e Ersan Ilyasova no Hornets. Só esqueceram de avisar isso para o gerente-geral Dell Demps…

Anúncios

13 pensamentos sobre “RETROSPECTIVA 2011-12 # 1

  1. Iae Lucas, tá sumido ein cara.

    É o seguinte, eu acho que nenhum dos dois PGs servem pra ser starter no Hornets, os dois tem qualidades sim mas não acho que devam ser titular na próxima season. Jack é uma ótimo moeda de troca como você falou, e eu sendo o Demps tentaria negociá-lo. Já o Vasquez, acho que seria um ótimo reserva, também quero que o futuro dele seja em NOLA.
    Sobre a possibilidade de arrumarmos um PG pra ser starter, como já disse várias vezes na cmm do Hornets no Orkut, eu iria no Kendall Marshall sem medo se ele estivesse disponível na pick que recebemos do Wolves, acho-o um baita jogador. Arma muito bem o jogo e tem uma boa defesa, só o arremesso/capacidade de pontuar que não é muito boa, mas isso pode se ajustar indo pra NBA.

    Sobre os POs, com a saída do Clippers do gênio CP3 minha torcida vai para o Pacers (que devem ser eliminados logo logo pelo Heat). Acho que a final será Thunder x Heat, tem muito pra onde correr não.

    E sobre as especulações, o único nome que me agrada é o do Ilyasova. O que este rapaz jogou do meio pro fim da temporada foi pra ser observado.

    É isso, um abraço Lucas e aparece mais aê cara.

    • Fala, grande Léon. Pois é, eu estava envolvido com a minha mudança e por isso fiquei sem tempo para muita coisa. Na verdade, eu ainda estou resolvendo algumas pendências, mas o BH não vai parar não. Deveremos ter um outro post ainda nesta semana.

      Sobre os armadores, eu também gosto muito do Kendall Marshall. No entanto, é preciso lembrar que ele não possui nenhuma experiência na NBA e não é aquele armador genial, que já entra no time para assumir grandes responsabilidades. Devemos ir com calma. O Marshall é um PG puro, que arma o jogo muito bem, mas não tem essa defesa toda também não. Se o Hornets selecioná-lo no draft, será uma ótima escolha, mas não para assumir a titularidade inquestionável, creio eu. O Hornets precisa de um armador mais experiente e que envolva o time em quadra. Não temos mais o Chris Paul, né? Esse é o grande problema… rs

      Você aposta no Thunder? Olha, o Spurs tem jogado uma barbaridade! Vou nos velhinhos de San Antonio… rs

      Abço!

  2. legal saber que o blog nao parou. esse espaço destinado aos hornets é muito bom. continue com o trabalho, lucas. muito bom o texto. eu concordo com tudo mas acho que os hornets precisam de um pg mais rodado, alguem como um deron williams. aí encaixaria legal. vasquez talvez seja um dos 5 melhores pgs reservas de toda a nba, mas pra titular nao dá. tem que ser alguem mais cascudo. concorda?

    • Olá, Felipe. Cara, o Deron Williams seria um reforço fantástico, hein! Cracaço! O problema é que ele deve permanecer no Nets, e eu acho que ele renovará o contrato com o time do Brooklyn.

      Sobre o Vasquez, eu concordo com você. Não vou achar nenhum absurdo se o treinador Monty Williams resolver dar uma chance ao venezuelano como titular da armação do Hornets. O problema, como eu escrevi no post, é que o Vasquez ainda não passa de uma aposta. Ele é muito bom, e eu adoro o jogo dele, mas o cara ainda é um jogador em evolução. Ele não parece pronto para comandar o time dentro de uma temporada de 82 jogos + playoffs. Ele precisa primeiro ganhar mais experiência e corrigir alguns defeitos em seu jogo. Contudo, os resultados do Hornets com ele em quadra foram bem interessantes. Sendo titular ou backup, é muito bom ter um cara como o Greivis no nosso elenco.

      Jogador mais cascudo é sempre bem-vindo, né? E a sua sugestão do Deron foi ótima. Seria bom demais… rs

      Abço!

  3. mto bom luke. eu concordo. acho ki o jack seria uma boa moeda pra troca ou um sexto homem. pg titular nao da. e o vazquez ainda vai ajudar d+ o hornets. gosto do garoto. ki venha o draft!!

  4. Pingback: RETROSPECTIVA 2011-12 # 2 | Brazilian Hornet

  5. Pingback: TORCEDOR, A ALMA DO ESPORTE | Brazilian Hornet

  6. Pingback: RETROSPECTIVA 2011-12 # 3 | Brazilian Hornet

  7. Pingback: A ESCOLHA DE AUSTIN RIVERS | Brazilian Hornet

  8. Pingback: RETROSPECTIVA 2011-12 # 4 | Brazilian Hornet

  9. Pingback: RETROSPECTIVA 2011-12 # 5 | Brazilian Hornet

  10. Pingback: PERGUNTAS E RESPOSTAS # 4 | Brazilian Hornet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s