UMA RESPOSTA A CHRIS PAUL

CP3 com outra camiseta que não a do Hornets. Estranho, né?

* Por Lucas Ottoni

Ok, eu já sei. Você leu o título do post e logo pensou: “Putz, o cara que escreve no Brazilian Hornet alimenta um verdadeiro ódio pelo Chris Paul, por ele ter saído de New Orleans”… Negativo, nada disso. Muito pelo contrário. Eu acho que a bela vitória do Hornets (12-35) sobre o Los Angeles Clippers (26-21) do CP3 – na última quinta-feira (22/03) – serviu para que a nossa franquia mostrasse a ele que, apesar do recomeço difícil, nós estamos vivos. Foi uma resposta positiva, sem ódio, sem ressentimento e sem amargura. Ele saiu, foi buscar o melhor para a carreira dele e nos deixou uma lembrança de muitas alegrias e belas jogadas. E se o Chris Paul tinha alguma dúvida quanto ao futuro do Hornets sem ele, eu acho que a resposta foi dada na última quinta: “Estamos com dificuldades, rapaz, mas estamos vivos. Você acabou de comprovar isso hoje, CP”. O placar de 97 a 90 a favor dos zangões não teve sabor de revanche, não para mim. Eu encarei esse resultado da seguinte forma: foi algo como mostrar para a sua ex-namorada que você ainda sofre com o fim da relação, mas que está superando e que os dois ainda podem ser amigos. É mais ou menos por aí. Não há revanchismo e nem animosidade. Chris Paul fez muito pelo Hornets, é um ídolo, e isso é inegável. Agora vamos falar um pouco sobre o jogo…

* Confira aqui o Box Score (com vídeos) da partida

Por mais que a gente quisesse tratar esse jogo como apenas mais um, não há como negar que o reencontro do Chris Paul com o Hornets, ainda mais em New Orleans, foi algo diferente, especial. Principalmente porque o craque esteve do outro lado, como visitante. Eu confesso que estava muito curioso para saber como o CP3 seria recebido pela torcida da Louisiana. A noite começou com a apresentação dos atletas sendo feita pelo ator Samuel L. Jackson, e o excelente blog nacional Bola Presa escreveu um texto muito legal a respeito disso e do jogo – confiram aqui. Eu achei muito bacana e muito positiva a recepção da galera ao Chris Paul. É bem verdade que ao longo da partida ele recebeu algumas vaias (coisa de gente fraca de espírito), mas, no geral, o público se comportou muito bem e reconheceu o bom trabalho que o Chris Paul cumpriu nas seis temporadas em que esteve com o Hornets. Isso é o esporte, e é assim que tem que ser. Eu só achei meio desnecessárias as declarações de amor que o CP3 fez aos zangões e à cidade de New Orleans antes do jogo. Isso foi um pouco forçado. Se ama o time e a cidade, por que “meteu o pé” em um momento complicado para a franquia e deixou o lugar que tanto adora? Fica aí a questão. Eu não estou dizendo que ele foi falso, apenas acho que palavras fortes (e que não coincidem com certas ações) – como AMOR – poderiam ser evitadas. Fora isso, eu só tenho elogios e agradecimentos ao Chris Paul. Mais uma vez obrigado, CP. E não nos leve a mal pela vitória. Nós apenas fizemos o que você sempre fez enquanto vestiu a nossa camiseta: jogamos com tudo, para vencer!

Como essa partida foi especial, eu hoje vou postar alguns vídeos sobre ela. Não haverá um texto extenso sobre as atuações dos dois times. Imagens são muito mais emocionantes, vocês não acham?

 

 

Após esses vídeos sensacionais (exagerado, eu?), a gente fica por aqui. Eu só queria dizer que foi legal rever o grande Chris Paul, mesmo trajando outro uniforme. Coisas da vida. Vida que segue…

* HORNETS VS SPURS: Neste sábado (24/03), os zangões voltarão à quadra. O adversário é o San Antonio Spurs, e o duelo acontecerá às 21h (de Brasília), na New Orleans Arena. Dessa vez, o Brazilian Hornet não deverá acompanhar a partida pelo Twitter. Sábado à noite, vocês sabem como é…

* New Orleans Hornets Brasil: a prévia do jogo

* DESFALQUE E DÚVIDAS: Sentindo dores no tornozelo direito, o ala Trevor Ariza está fora do jogo desta noite, contra o Spurs. Já o pivô Chris Kaman está bastante gripado e é dúvida para a partida. Quem pode reaparecer contra a equipe de San Antonio é o ala-pivô Carl Landry, que está recuperado de uma lesão no joelho esquerdo. Contudo, a sua presença ainda não está confirmada. Temporada complicada essa, hein…

* PUNIÇÃO: Pela falta violenta cometida em Blake Griffin (que não é nenhum santinho, diga-se de passagem), o ala-pivô Jason Smith foi expulso do jogo contra o Clippers e acabou suspenso pela NBA por mais duas partidas. Ele não enfrentará o Spurs hoje e nem o próprio Clippers (na próxima segunda-feira). Querem a minha singela opinião? A suspensão foi absolutamente justa, pois a atitude do Smith foi lastimável. Porém, eu também gostaria de registrar que é impressionante como o sr. Griffin superdimensiona qualquer falta ou encontrão que recebe. Ele faz isso o tempo todo, e em todos os jogos. A arbitragem da liga já deve estar careca de saber disso. Pronto, está feito o registro.

Anúncios

6 pensamentos sobre “UMA RESPOSTA A CHRIS PAUL

  1. Bela homenagem pro maior jogador all time da franquia Hornets, grande Lucas kkkk
    Sei que tentou dar uma disfarçada mas se rendeu e homenageou nosso grande ex-jogador.

    Desejo sorte pra ele e mais ainda pra nós nesse rebuilding.

    • Disfarçada, Léon? Hahahahahahahahaha… Não entendi o que você quis dizer, mas enfim…

      Na verdade, eu nem fiz uma homenagem. Eu apenas coloquei o meu ponto de vista a respeito do reencontro do Chris Paul com o Hornets. Ele merece ser reconhecido pelo que fez de bom à franquia. E só. É isso o que eu penso.

      Você é um grande fã dele, eu sei. Então, fico feliz que tenha gostado deste post. rs

      Abço!

  2. mto bom o texto. eu acho ki o chris paul cometeu um grande erro indo pro clippers. ele nao conseguira ser campeao lá. e concordo luke. se ele tivesse esse amor todo pelo hornets e por NO, ele nao teria saido. mas tudo bem. gosto do cp3 e desejo boa osrte pra ele.

    e boa vitoria nossa. abs

    • Exato, Bruno. Eu penso igual a você. Acho que, com o time atual, o Clippers não tem a menor chance de conquistar a taça, que é o objeto de desejo do Chris Paul. Mas ele fez a escolha dele, aí isso já é um problema do jogador. Eu também sou grato ao Paul e torço pelo sucesso dele, embora eu não veja para ele um futuro vencedor no Clippers. Posso até estar errado, mas até que me provem o contrário…

      Abço!

  3. Pingback: TROPEÇANDO NOS DETALHES | Brazilian Hornet

  4. Pingback: TUDO IGUAL: HORNETS 1 X 1 CP3 | Brazilian Hornet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s