À ESPERA DE JEREMY LIN

Greivis Vasquez encara o Milwaukee Bucks pensando na "Linsanity"?

* Por Lucas Ottoni

O New Orleans Hornets (6-23) foi até o Bradley Center, na última madrugada (de Brasília), e bateu o Milwaukee Bucks (12-17) em um jogo bastante equilibrado (e tecnicamente fraco): 92 a 89. Sabem o que isso significa? Exatamente, nós conseguimos 2 vitórias em sequência! Eu acho que o time dos zangões – e principalmente essa garotada que tem segurado o rojão – merecia esse alívio. O Hornets vem jogando desfalcado em absolutamente todos os jogos da temporada, muitos jogadores novos e inexperientes têm recebido grandes responsabilidades nas partidas, mas os resultados, enfim, começam a aparecer. E se dois é bom, três tem que ser muito melhor! Ainda mais que o próximo jogo da nossa equipe é lá em New Y0rk, contra os Knicks de Jeremy Lin, o garoto-sensação da NBA. Em uma temporada sem Chris Paul,  o Hornets meio que caiu no ostrascismo. Portanto, nada melhor do que voltar aos holofotes da liga derrotando os nova-iorquinos e freando a sequência de sete vitórias dos caras, desde que Jeremy Lin “explodiu”. Mas, primeiro, eu quero falar sobre o nosso último triunfo…

O Bucks acabou vítima da "Belinsanity"

A vitória sobre o Milwaukee Bucks foi importante, mas o jogo não foi lá essas coisas. O nosso maior destaque foi o ala-armador italiano Marco Belinelli, que anotou 22 pontos. O pivô Chris Kaman também teve uma atuação sólida, com 18 pontos e 10 rebotes. Observamos também um outro duplo-duplo, do ala-pivô mexicano Gustavo Ayon: 12 pontos e 12 rebotes. Essa trinca acabou fazendo a diferença contra o Brandon Jennings, o Ersan Ilyasova e a turma de Wisconsin. O Hornets entrou em quadra com o seguinte quinteto: Greivis Vasquez, Marco Belinelli, Trevor Ariza, Gustavo Ayon e Chris Kaman. Aliás, esse é o quinteto que eu manteria daqui para frente, mesmo com o retorno de outros jogadores recuperados de contusão (e não estou falando do Eric Gordon. O fã do basquete de Syracuse voltará ao time “sabe-se lá Deus quando”). Ah, e para não passar despercebido, o Hornets teve ontem a estreia do ala-pivô Solomon Jones, que assinou um contrato de 10 dias com a franquia da Louisiana. E ele até que não foi mal: 6 pontos e 2 rebotes, em 11 minutos. Bem, para terminarmos com esse jogo e passarmos para Jeremy Lin, eu preciso destacar os 17 TO que cometemos. Isso é ruim e mostra que não fizemos uma grande apresentação, mas, pensando bem, a hora de errar é agora. Só errando é que se aprende, não é mesmo? E tempo para errar e aprender é o que não nos falta…

* Confira aqui o Box Score (com vídeos) da partida

New York, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012, às 23h (de Brasília). Temos aí a grande oportunidade de ganharmos destaque e aparecermos nos sites, jornais e programas esportivos do mundo inteiro. Afinal, o New Orleans Hornets é o próximo na fila dos candidatos a parar Jeremy Lin e interromper a “Linsanity”, que é como eles estão chamando essa onda que tomou conta da Big Apple e de toda a NBA, desde que o armador de descendência asiática – vindo da Universidade de Harvard – começou a fazer enormes estragos nos rivais do Knicks. São sete vitórias consecutivas, e com atuações espetaculares do meteórico Lin, que, há duas semanas, era um mero desconhecido para a maioria dos fãs de basquete. Com certeza, o Madison Square Garden estará completamente lotado, abarrotado, para a partida de amanhã. Todos querem ver “Linsanity” em ação. Todos anseiam pela destruição dos zangões. E cabe ao Hornets, no palco ideal, roubar para si os holofotes e entrar para a história como o pioneiro, o primeiro time que não se curvou ao fenômeno Jeremy Lin.

Vejam só o show que o Lin deu contra o Los Angeles Lakers. É isso o que nos espera…

* Clique aqui e conheça a trajetória de Jeremy Lin


 FERROADAS

* JARRETT JACK DE VOLTA?: O armador titular do Hornets está praticamente recuperado das dores no joelho esquerdo e avisou que pretende voltar ao time na partida de amanhã, contra o Knicks. É uma pena, pois eu adoraria ver um duelo Vasquez vs Lin. Jack é um pontuador nato, mas, na minha opinião, o time dos zangões funciona melhor com o venezuelano na armação.

* A SITUAÇÃO DE OKAFOR: O pivô do Hornets está com uma lesão no joelho esquerdo e só deve retornar ao time depois do All-Star Weekend, que acontecerá no fim do mês, em Orlando. Ele perderá os próximos quatro jogos dos zangões. É um desfalque importante, mas o Chris Kaman tem dado conta do recado. E muitíssimo bem, por sinal.

Anúncios

7 pensamentos sobre “À ESPERA DE JEREMY LIN

  1. no more linsanity. Pessoalmente até gosto do tipo e da história dele. Não me vou importar que ele marque 50 pts e faça 10 assistencias, desde que os Hornets ganhem!!!!!

    Boa vitória em Milwaukee! Duas de seguida!! Aleluia! Destacar a grande partida de Bellineli (já não era se tempo!), incluindo 2 rebotes/ressaltos ofensivos bem perto do final!

    • Pois é, grande Sergio. Uma vitória sobre o Knicks é mais importante para o Hornets do que qualquer coisa, nesse momento. Daria uma visibilidade muito boa ao nosso time, que vive um momento complicado na temporada. Torcerei muito para que sejamos nós os responsáveis pela quebra do encanto da “Linsanity”… rs

      E, finalmente, o Belinelli nos brindou com uma ótima atuação. Nem tudo está perdido… rs

      Abço!

  2. belinsanity foi otima luke.. kkkkkkkk

    rachei aki

    e concordo.. o hornets é um time melhor sem o jarett jack.. ele podia ser trocado. nao vejo a hora de comecar logo o jogo com o knicks. quero ver a gente parando o j-lin. hehe go hornets!!

    • Valeu, Bruno. Eu também gosto mais do Hornets com o Vasquez na armação, embora eu reconheça que o Jack é um pontuador eficiente. Mas não adianta nada o cara fazer 25 pontos, e o time perder. É o que eu penso.

      Abço!

  3. Pingback: COLEÇÃO: CAMISETA #21 VASQUEZ | Brazilian Hornet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s