DELL DEMPS AGIU COM A RAZÃO

O GM do Hornets utilizou a boa estratégia de recuar

* Por Lucas Ottoni

A tão aguardada quinta-feira passou, e o New Orleans Hornets contrariou todas as nossas expectativas ao não realizar nenhuma transação antes de a trade deadline expirar. Conversando com parceiros que torcem pelos zangões, eu pude perceber as frustrações de quem esperava ansiosamente por algum movimento que pudesse nos passar otimismo, mas eis que o prazo de comércio findou-se e tudo continua como antes na Louisiana. Honestamente? Eu não vejo o menor motivo para decepções. O Hornets é hoje uma franquia sem pressa, voltada para o trabalho a longo prazo. Não precisamos sair por aí puxando o gatilho e concluindo negócios só para dizer que fizemos alguma coisa. O nosso GM, Dell Demps, foi – a meu ver – muito racional e coerente ao falar sobre a situação dos zangões dentro dessa trade deadline que acabou não mudando absolutamente nada para nós. Vejam o que disse o Demps:

Às vezes, o melhor comércio é o comércio que você não faz. Nós não fomos capazes de reunir todas as oportunidades para melhorar a equipe, então apenas ficamos em nosso lugar. Nós estamos felizes onde estamos agora. Não estamos felizes com a nossa campanha, mas estamos felizes com a direção em que a equipe está indo. E nós mantivemos a nossa flexibilidade. Temos algumas picks (escolhas no draft) chegando e a oportunidade de ver alguns dos nossos rapazes jogarem o resto da temporada. Estamos empolgados com as nossas possibilidades“.

Ele falou que o fato de o Hornets ser controlado pela NBA não atrapalhou nenhuma tentativa da franquia em fechar negócios:

Eu trabalhei de mãos dadas com a liga. Estive no telefone com eles o dia todo, durante toda a semana. Eles têm sido ótimos. Nós apenas sentimos que não havia uma oportunidade de fazer o time melhor“.

O nosso GM também se pronunciou sobre a situação do pivô Chris Kaman. O jogador chegou a ser colocado como a principal moeda de troca da franquia, e muitos o davam como nome certo em alguma negociação até ontem. Só que nada aconteceu, e Kaman seguirá no Hornets até o fim dessa temporada:

Nós valorizamos o Chris. As portas não estão fechadas para ele. Eu acho que ele vem tendo uma boa temporada. Ele provou que pode fazer cestas. Ele tem sido muito impressionante, especialmente nas últimas semanas. Eu acho que há muitas oportunidades ainda com o Chris. Eu nunca quero dizer nunca, mas a nossa intenção é manter o Chris“.

O pivô alemão Chris Kaman permanecerá vestindo a camiseta dos zangões

Ao saber que continuará com a equipe, o alemão se mostrou tranquilo e não rejeitou a possibilidade de seguir em New Orleans por um bom tempo. Chris Kaman se tornará agente livre irrestrito no próximo verão americano, mas se diz feliz na Louisiana:

Eu nem sequer tenho uma reação, para ser honesto. Eu ouvi o meu nome um par de vezes no último par de dias, mas principalmente por vocês (da imprensa) e algumas outras pessoas que eu conheço na mídia. Eu realmente não tinha ouvido nada concreto. Então, aqui estou eu para terminar a temporada com o Hornets. Eu gosto de New Orleans, gosto dos fãs. Eu já estabeleci um relacionamento com um monte de gente aqui. Sim, certamente (sobre a chance de assinar um novo contrato com os zangões)“.

* Clique aqui e veja quais foram as transações realizadas na trade deadline

Então, amigos, isso aí que vocês acabaram de ler foi o resultado da trade deadline para o Hornets. Nós estamos nos planejando para o futuro e realmente deixamos tudo para o futuro. E isso não é ruim. Como disse o Demps, a franquia não encontrou nada atrativo para realizar um comércio. Portanto, o melhor é recuar e deixar as coisas como estão. Não há pressa alguma. No caso do Kaman, eu continuo achando que o Hornets conduziu mal a questão do germânico, ao afastá-lo do elenco e depois reintegrá-lo. Entretanto, a situação agora está clara. A vida segue sem mudanças para os zangões, que deixam as portas abertas para o pivô, caso ele queira fazer parte do nosso futuro. E uma palavrinha importante que o Demps usou foi FLEXIBILIDADE. No fim dessa temporada, o Hornets terá boas escolhas no draft e contratos expirantes (Chris Kaman, Eric Gordon, Carl Landry e Marco Belinelli são exemplos) para trabalhar – além de um novo dono (assim esperamos!). Há muita coisa para se fazer e muitas possibilidades estão abertas. Então, o tempo está a nosso favor, e eu não vejo o menor motivo para pressa. Às vezes, agir com a razão e saber a hora de recuar pode ser a melhor das estratégias.

OBS 1: Todas essas declarações foram retiradas do site NOLA.com, do jornal The Times-Picayune, o principal de New Orleans.

OBS 2: Eu não esqueci do back-to-back que tivemos nesta semana, contra Los Angeles Lakers e Washington Wizards. Falaremos sobre esses dois jogos no post que irá ao ar amanhã. Prometo.


 FERROADAS

* BOA NOTÍCIA: O New Orleans Hornets e o governador da Louisiana, Bobby Jindal, anunciaram hoje o acordo de manutenção da equipe  em New Orleans até 2024, condicionada à obtenção de um novo proprietário para a franquia e à aprovação legislativa. Segundo Jindal, o acordo vai incluir o financiamento para a modernização da New Orleans Arena, além da garantia de – pelo menos – um NBA All-Star Game na cidade, no decorrer do contrato. “Com a modernização da New Orleans Arena, vamos ajudar o Hornets a gerar mais receita e também a tornar o local mais atraente para o entretenimento e eventos esportivos que gerem desenvolvimento econômico para a cidade e o Estado. O Hornets tem sido um ativo incrível no renascimento da cidade de New Orleans e passa um entusiasmo e uma energia que melhoram o espírito desta grande comunidade e de nossa cultura, que é única“, disse o governador. Clique aqui e tenha informações mais completas a respeito desse acordo. A minha opinião? Eu acho muito legal todo esse esforço da cidade e do Estado da Louisiana para manterem o Hornets em New Orleans. E torço para que tudo dê certo.

About these ads

8 thoughts on “DELL DEMPS AGIU COM A RAZÃO

  1. Lucas, td q vc falou tem fundamento… ja tinha lido nos blogs e sites de NOLA, algo assim.
    Minha opniao, nao esta formada por um simples motivo: Chris Kaman
    Pra mim a grande diferença é ele.
    Se ele renovar com a gente na FA, blz, foi bom msm o Demps nao ter feito nada.
    Mas se ele nao renovar, e a gente perder um jogador desse nivel, por nada, ae ficarei mt puto….

    Entao, so terei uma opniao sobre isso, daki um tempo

    Go Hornets

    • Exatamente, Kaio. Nós corremos o risco de perdê-lo sim. Certamente, ele receberá ofertas de muitas equipes na agência livre (acho que o Miami Heat virá com tudo) e poderá deixar New Orleans. No entanto, também existe a chance de ele renovar conosco. O jeito é esperar.

      Por outro lado, se perdermos o Kaman, nem tudo será ruim. Economizaremos mais de U$ 14 milhões (o salário anual dele) para usarmos na montagem do nosso time. Não é o ideal, mas poderemos contar com isso.

      É óbvio que um jogador da qualidade do Kaman fará muita falta, caso ele saia. No entanto, o Demps preferiu não usar o Kaman para fazer um negócio que não fosse bom para o nosso time. Dá para entender isso. Uma movimentação errada, e o futuro do nosso time poderia estar em risco. Então, acho que o que aconteceu não foi ruim.

      Abço!

  2. Gostei da matéria e concordo com a maioria dos argumentos do Lucas. Só achei a tradução “meio forçada” em alguns pontos. Tem palavras que fazem mais sentido em inglês que em português e, portanto, nessa situações, penso que você deveria tentar “aportuguesar” ou até mesmo mudar para outras expressões típicas nossas para que o texto não fique “engessado”. Ex: “E nós mantivemos nossa flexibilidade” (que até agora eu não sei exatamente o que quer dizer).
    Não é uma crítica destrutiva, longe disso. A questão é que tá ótimo o blog, mas pode melhorar ainda mais acertando esses pontinhos.

    Abs e GO HORNETS!

    • Olá, Gigantih. Seja bem-vindo ao BH!

      Eu te agradeço pela sugestão. Olha, quando eu traduzo alguma declaração, eu procuro passar exatamente o que foi falado. É complicado mudar aquilo que o sujeito falou, entende? Eu não posso forjar a declaração. Mas valeu mesmo pela dica.

      Quanto à palavra FLEXIBILIDADE, eu até expliquei ela no texto. O Hornets se encontra em uma situação flexível, trabalhando a longo prazo, sem pressões e sem nada a perder (em termos de resultados). Além disso, terá boas escolhas no draft e contratos expirantes para trabalhar. Essa é a FLEXIBILIDADE que foi citada pelo Demps. Nós poderíamos estar recheados de contratos longos e ruins, sem possibilidades de trocas e sem boas escolhas no draft. Quer dizer, não teríamos FLEXIBILIDADE nenhuma para trabalhar e melhorar o elenco. E, graças a Deus, esse não é o caso dos zangões. Por isso, eu acho que o Demps agiu corretamente e estou otimista para o próximo verão americano.

      E obrigado pelos elogios! Espero que você continue comentando no nosso blog, ok?

      Abço!

  3. otimo post luke

    acho q o demps deve ter recebido umas propostas ridiculas pelo kaman. e por isso naum resolveu troca-lo. está certo o nosso maneger. a gente poderia ter tentado monta ellis, gerald walace ou outro kra bom.

    eu acho o kaman bem melhor ki o bogut. podiamos ter pego o monta. ou entao o g-walace. mais eu acho q a ideia do demps é ter bastante espaço na folha e gastar o menos possivel agora. ele fez bem. concordu.

    e ainda estou rindo mto do q vc disse, do hilton estar trabalhando no taco bells. shuashuashuashuashuashua.. tu é uma figura luke

    abs

    • Fala, grande Bruno.

      Concordo em absolutamente tudo. O Hornets não recebeu as ofertas que esperava pelo alemão. Por isso, preferiu deixar as coisas como estão.

      Quanto a Monta Ellis e Gerald Wallace, são jogadores que poderíamos até tentar (embora os salários sejam altos). Mas a nossa campanha já indica que priorizaremos o draft mesmo. Não há motivos para reforçar o time e tentar vencer jogos desesperadamente nessa reta final. O Demps preferiu continuar privilegiando a garotada da nossa equipe até o fim da temporada. E eu acho que ele agiu corretamente. Não precisamos ter pressa alguma, nesse momento.

      Quanto ao Hilton Armstrong… é melhor deixar para lá. Não gosto de remoer lembranças desagradáveis. rsrsrs

      Abço!

  4. Pingback: MAIS DERROTAS E OLHO NO DRAFT | Brazilian Hornet

  5. Pingback: TORCER CONTRA? IMPOSSÍVEL! | Brazilian Hornet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s